Pessoas com deficiência de baixa renda têm direito a benefício de um salário mínimo

Você já ouviu falar do Benefício da Prestação Continuada da Lei Orgânica da Assistência Social (BPC/LOAS)? É um benefício fornecido pelo INSS, no valor de um salário mínimo, ao idoso acima de 65 anos e à pessoa com deficiência de baixa renda.

Para ter direito, não é necessário ter contribuído para o INSS, afinal trata-se de um benefício assistencial. E por essa característica, quem recebe o BPC/LOAS não tem direito a 13º e não deixa pensão por morte.
Quem deseja requerer esse benefício deve preencher os formulários necessários, protocolar requerimento no INSS, além de atender aos requisitos a seguir:
§  Para o idoso: idade superior a 65 anos, para homem ou mulher;
§  Para a pessoa com deficiência: ser pessoa com deficiência física, mental, intelectual ou sensorial que impossibilite o titular de participar de forma plena e efetiva na sociedade, em igualdade de condições com as demais pessoas que não possuam tal impedimento;
§  Possuir renda familiar de até 1/4 do salário mínimo em vigor;
§  Possuir nacionalidade brasileira;
§  Possuir residência fixa no país;
§  Não estar recebendo benefícios da Previdência Social.

Paciente da Neurofisio Intensiva há um ano e meio, G.S.C já recebe o BPC/LOAS há dois anos.  De acordo com a mãe do garoto, esse benefício é fundamental para a manutenção das despesas gerais da casa e para pagamento do tratamento de G.S.C.  

Para ser atendido nas agências do INSS você deve apresentar um documento de identificação com foto e o número do CPF, além da documentação dos componentes do seu grupo familiar. Veja a relação completa de documentos e formulários que devem ser apresentados.

Se você ficou com dúvida ou deseja mais informações sobre o BPC/LOAS procure o Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) mais próximo da sua residência.
WeCreativez WhatsApp Support
Nossa equipe está pronta para tirar suas dúvidas
Olá!
Scroll to Top

Agende uma visita gratuita