fbpx

Autismo: Meu filho vai falar?

A ausência da fala é uma das angustias mais comuns dos pais de crianças autistas. Meu filho vai falar? Por que meu filho não se comunica de forma verbal? Quando ele conseguirá se comunicar por meio da fala? Esses questionamentos sempre vêm à cabeça e geram ansiedade, entretanto é importante destacar que antes de começar a falar é necessário que a criança desenvolva habilidades precursoras da fala.

Para uma criança vir a falar ela precisa incialmente ter atenção compartilhada, isso é a comunicação que acontece por meio do olhar. O bebê, por exemplo, ao ver para um objeto e se virar para a mãe é como se ele estivesse compartilhando algo por meio do olhar. Outras habilidades necessárias são o apontar imperativo, quando o pequeno indica alguma coisa que ele quer, e o apontar declarativo, quando a criança aponta para compartilhar alguma coisa, para mostrar algo.

De acordo com a Fonoaudióloga da Neurofisio Intensiva Karla Lins, a fala é uma consequência de um conjunto de fatores, por isso os pais devem focar em outros comportamentos que antecedem a fala.

Dicas de como se comunicar de maneira eficiente com um autista:

  •       Converse sobre interesses dele;
  •       Use sentenças curtas, na ordem direta, pois frases longas podem confundir;
  •        Fale com entonação e expressão facial e corporal; 
  •        Fale de maneira literal (crianças autistas não compreendem metáforas, expressões sarcásticas ou certos tipos de humor);
  •        Inicie as conversas com uma declaração. Quando você pergunta “como vai você?” a alguém, geralmente espera uma resposta simples e rápida. No caso de crianças autistas, isso pode ser bem diferente, visto que elas podem se sentir intimidadas ou oprimidas por perguntas. É sempre melhor começar com uma declaração, para que ele se sinta incentivado a interagir. 


Fale conosco
Enviar mensagem
Rolar para cima

Agende uma visita gratuita