fbpx

Fisioterapia também é diversão: Gameterapia

Para muitos, a fisioterapia pode ser encarada como uma atividade maçante e repetitiva, mas não precisa ser assim. As terapeutas aqui da Neurofisio Intensiva sempre são incentivadas a inovar e diversificar os exercícios sem perder o foco no paciente, isso porque terapia pode ser prazerosa e ao mesmo tempo altamente eficaz. Assim, a gameterapia foi incluída nas sessões como complemento ao tratamento, pois estimula a atividade cerebral e motora.
O vídeo game tem sensores de movimento que incentivam a atividade cerebral e permitem a interatividade do paciente com objetivos e cenários por meio da produção de informações visuais, auditivas e outras modalidades sensoriais. O esforço para executar jogos que simulam atividades esportivas e de cognição provocam impactos positivos ao paciente, como: fortalecimento da musculatura, aumento da capacidade de concentração e equilíbrio.
Maria Julia Trajano de 12 anos, com síndrome de Down, é estimulada pela gameterapia aqui na clínica. De acordo com a fisioterapeuta Vanessa Macorini, a gameterapia auxilia a Maria Julia em diversos pontos, pois trabalha o equilíbrio, o alcance, a coordenação, a agilidade, a resistência e fortalecimento muscular, além da atenção, tornando a terapia muito mais divertida. Veja no vídeo a seguir um trecho da gameterapia. 

Fale conosco
Enviar mensagem
Rolar para cima

Agende uma visita gratuita